Descupinização na Santa Cecilia

Desentupidora e Dedetizadora

Descupinização na Santa Cecilia

Você conhece ou sabe o que é o serviço de descupinização SP? Se não, conheça aqui o serviço realizado pela Protec Pragas, empresa especializada na realização do mesmo em toda a região de São Paulo.

Os cupins e seus males

Os cupins são insetos que, querendo ou não, são silenciosos. Eles aparecem do nada, não transmitem doenças e, geralmente, ficam escondidos atrás de móveis, os corroendo. Assim, perceber uma infestação desse inseto nem sempre ocorre de forma rápida, mas, com certeza, os seus estragos não são nada agradáveis.

descupinização na Santa Cecilia

Muitos não têm conhecimento sobre isso, porém, existem mais do que duas mil espécies de cupins no mundo, sendo que as mais comuns para invasão são os grupos de cupins subterrâneos e os cupins de madeira seca, sendo esses responsáveis pela destruição de todo e qualquer móvel que contenha celulose, enquanto os de madeira ainda constroem colônias dentro das peças. 

Serviço de descupinização SP

A eliminação da infestação desses insetos ocorre por meio de um tratamento realizado com o auxílio de produtos líquidos à base de pulverização e de injeção nas madeiras. Porém, já no que diz respeito aos cupins subterrâneos, há de se destacar que, além das madeiras, eles ainda são capazes de se alojar no subsolo ou em estruturas de alvenaria. 

Sendo assim, há de se destacar que o serviço de descupinização em SP é essencial para a eliminação da infestação desses insetos em uma variedade de ambientes. Geralmente é muito comum que eles se instalem em residências, afinal, eles podem viver até mesmo em paredes. Porém, a infestação de cupins ocorre até mesmo em construções e outros tipos de ambientes, como em escolas, indústrias, fábricas, lojas e outros. 

Sendo assim, se você tiver esse problema em qualquer que seja o ambiente, você pode contar com o serviço de descupinização SP da empresa Protec Pragas, que conta com uma equipe altamente treinada e qualificada para a realização do serviço. 

Vale ainda destacar que a empresa atua toda a Grande São Paulo e região, 24 horas por dia - não importa a hora que você se deparar com a infestação, a empresa estará pronta para o atendimento. Além disso, você também pode realizar um orçamento sem compromisso com a Protec Pragas.

História

A localização privilegiada e os espaçosos terrenos do loteamento eram ideais para abrigar as mansões e residências dos fazendeiros quando vinham à capital a negócios. Também ficava nas cercanias o principal hospital da cidade à época, a Santa Casa.

Crises

O Elevado Presidente Costa e Silva.

A partir de década de 1930, com a epidemia de febre amarela que assolou cidades do interior fazendo com que cafeicultores mudassem suas residências para a capital, somadas a Grande Depressão (a Crise de 1929) e a Revolução de 1930 trouxeram mudanças a muitas famílias, que, instalados no bairro, tiveram muitos de seus casarões e mansões demolidos, cedendo espaço a prédios de apartamentos, cedendo à especulação imobiliária. Outros continuaram de pé, sendo alugados e sublocados, transformando-se em pensões, cortiços e moradias coletivas precárias.

Mas outros fatores também contribuíram para a decadência progressiva do bairro, entre as décadas de 1930 e 1990:

herdeiros de imóveis que na partilha de bens e desinteresse pelo bairro, os venderam ;

o processo de decadência e esvaziamento do centro da cidade, a partir da década de 1970, com a transferência de muitos escritórios para a região da Avenida Paulista;

a falta de atratividade do bairro para a classe média, uma vez que a maioria dos prédios de apartamentos lá construídos, das décadas de 1930 e 1940, não tinham garagem nem área de lazer (os edifícios passaram a ser ocupados por famílias de renda mais modesta, que não tinham condições de conservar adequadamente os imóveis);

a construção em 1970 do Elevado Presidente Costa e Silva (vulgo Minhocão) na Consolação sobre a rua Amaral Gurgel e na Santa Cecília sobre boa parte das avenidas São João e General Olímpio da Silveira, contribuiu ainda mais para a progressiva decadência da região;

Década de 2000 - renascimento

Nos últimos anos, a iniciativa privada (aproveitando os 21% dos 11 imóveis mais desvalorizados, porém com ótima infraestrutura de acesso) tem ocupado e reformado os casarões e edifícios antigos.

O maior benefício ao bairro, é fazer divisa com o bairro de Higienópolis, o que lhe dá "status" de classe média alta.

Apenas um núcleo do bairro preservou características das décadas de 1930 e 1940. Trata-se da região próxima à alameda Barros, onde fica o Externato Casa Pia São Vicente de Paulo2 , onde há a casa de D. Maria Angélica de Souza Queiroz, também antiga Chácara das Palmeiras; ali ainda existem alguns poucos casarões e edifícios residenciais de porte, muitos com garagem, ocupados ainda por pessoas de classe média alta.