background

Controle de Cupim Freguesia do ó SP

Descupinização na Freguesia do ó

Controle de pragas Cupim Na freguesia do Ó 

Descupinização na Freguesia do ò

A Protec Pragas descupinizadora na Freguesia do Ò atende o bairro da freguesia do ó e suas regiões no combate as pragas urbanas, sendo comercios, escolas,empresas, condominios, residencias e outros.

Os isópteros (Isoptera) são uma ordem de insetoseusociais conhecida popularmente como cupim ouitapicuim1 (no Brasil), térmite ou térmita (em Portugal),salalé (em Angola) e muchém (em Moçambique). Com cerca de 2 800 espécies catalogadas no mundo, esses insetos são notórios pelos prejuízos econômicos que causam como pragas de madeira e de outros materiaiscelulósicos, ou ainda como pragas agrícolas, apesar de apenas cerca de 10% das espécies conhecidas de cupim possuir estas características.

Em número de espécies, a ordem Isoptera deve ser considerada intermediária entre os insetos; já em termos de biomassa e abundância, os cupins apresentam enorme significância e podem ser comparados àsformigas, minhocas, mamíferos herbívoros das savanasafricanas ou seres humanos, por exemplo, e estão entre os mais abundantes invertebrados de solo deecossistemas tropicais. Esta grande abundância dos cupins nos ecossistemas, aliada à existência de diferentes simbiontes, confere, a estes insetos, a possibilidade de desempenhar papéis como o de “superdecompositores” e auxiliares no balanço carbono-nitrogênio (Higashi & Abe, 1997).

Todos os cupins são eussociais, possuindo castas estéreis (soldados e operários). Umacolônia típica é constituída de um casal reprodutor, rei e rainha, que se ocupa apenas de produzir ovos; de inúmeros operários, que executam todo o trabalho e alimentam as outras castas; e de soldados, que são responsáveis pela defesa da colônia.

Existem também reprodutores secundários (neotênicos, formados a partir de ninfas cujos órgãos sexuais amadurecem sem que o desenvolvimento geral se complete), que podem substituir rei e rainha quando esses morrem, e que, às vezes, ocorrem em grande número numa mesma colônia. Os membros da família Kalotermitidae não possuem operários verdadeiros, sendo esse papel desempenhado por ninfas (pseudo-operários ou “pseudergates”) que retêm a capacidade de se transformar em alados ou soldados.

Existem também cupins desprovidos de soldados, como é o caso de todos os representantesneotropicais da subfamília Apicotermitinae. Alguns cupins possuem dois ou três tipos de soldados, sempre de tamanhos diferentes, e às vezes morfologicamente tão distintos que poderiam passar por espécies diferentes.

A dispersão e fundação de novas colônias geralmente ocorre num determinado período do ano, coincidindo com o início da estação chuvosa. Nessa época, ocorrem as revoadas de cupins alados (chamados popularmente de aleluiasararáscupinssililuiassiriruias10 ou siriris), dos quais alguns poucos conseguem se acasalar e fundar uma nova colônia.

Descupinização 

  • Ninfas: Após a eclosão dos ovos, são alimentadas com substância regurgitada pelos operários. Passam por uma série de estágios de crescimento.
  • Ovos: Milhares deles podem ser prooduzidos pela rainha a cada ano. São cuidados pelos operários.
  • Colonização: O casal recém-formado encontra um local apropriado para formar sua própria colônia como rei e rainha.O ciclo de vida dos cupins se repete quando a rainha começa a postura dos ovos que se tornam ninfas, soldados, operários ou reprodutores.
  • Rei e Rainha: Os mais importantes membros da colônia. As suas únicas funções são acasalamento e a postura dos ovos. Outros cupins alimentam e cuidam da rainha, que pode viver de 25 a 50 anos..
  • Casais: Após os curtos vôos, os siriris perdem suas asas e formam casais.
  • Siriris: Ocorre quando os reprodutores alador deixam a colônia. Operários os ajudam a percorrer o túnel até a saída. Não conseguem voar grandes distâncias e caem rapidamente no solo.
  • Reprodutores Alados: São siriris com órgãos sexuais desenvolvidos, asas e olhos funcionais. Em certas condições ambientais esses cupins promovem a revoada, formando novas colônias e aumentando a infestação.
  • Operários: Estéreis e cegos, buscam material celulósico para alimentar toda a colônia. São responsáveis por todo o trabalho na colônia.
  • 9Soldados: Em seu estágio final os soldados apresentam uma cabeça grande com fortes mandíbulas. São geneticamente programados para proteger a colônia contra ataques de inimigos, como as formigas.
  • 10 Reprodutores de Substituição:Substituirão a rainha em caso de morte ou subdivisão da colônia.
  • A Freguesia do Ó, um dos bairros mais antigos de São Paulo, completou dia 29 de agosto, 433 anos em grande estilo. O bairro ainda guarda várias características do século passado como árvores centenárias, construções antigas e o Largo da Matriz, localizado em uma das colinas da Freguesia, onde desde 1901 está a bela Igreja de Nossa Senhora do Ó, palco de festas tradicionais como: a Festa do Divino (em abril), o Assentamento da Cruz (em maio) e a da Nossa Senhora do Ó (em agosto).


  • O bairro iniciou sua história em 1580 quando o bandeirante português Manoel Preto construiu a sede de sua fazenda próxima as margens do rio Tietê. Da Freguesia do Ó, mais precisamente do Largo Velho da Matriz saíam diversas expedições de bandeirantes rumo ao interior. Com o passar dos anos a Freguesia foi se desenvolvendo, mas sem perder as características de uma tranquila cidade do interior.


  • A Protec Pragas Desentupidora Atende todos os bairros da zona Norte de São Paulo 24. Horas por dia.Atendemos comércios e residências.Ligue Agora. (11) 2815 – 0234
  •  

Para combater os cupins, a nossa dedetizadora utiliza equipamentos com alta tecnologia e possui profissionais bem treinados. Isso é responsável por garantir resultados excelentes no combate a uma das piores pragas urbanas.

A dedetização de cupins deve ser feita com muito cuidado para evitar a contaminação de pessoas e animais domésticos. Por ser complexa, a descupinização só será segura com o apoio de uma equipe técnica que possua os conhecimentos necessários para o combate.

Só quem já perdeu algum móvel de casa ou qualquer objeto de madeira sabe como é ter que tentar controlar esse tipo de praga. Por isso, trabalhamos para prevenir ou eliminar as pragas de cupins nos centros urbanos, seja em residências ou em outros tipos de imóveis.

O que são os cupins?

Com mais de 2000 espécies catalogadas em todo o planeta, os cupins são conhecidos por destruírem objetos de madeira e outros materiais feitos com celulose.

Os cupins não causam prejuízos somente em casas, mas também são responsáveis por grandes danos em plantações e cultivos agrícolas. Apesar de que apenas cerca 10% das espécies existentes são responsáveis por atacarem plantas.

Profissionais bem treinados em Descupinização no Mandaqui.

Os cupins que causam maiores danos à agricultura são os subterrâneos. Eles podem destruir sementeiras, cereais e tubérculos. Também podem prejudicar as raízes do café, abacaxi e eucaliptos.

Os cupins existem em grande quantidade no planeta, se assemelhando as formigas e as minhocas em termos de quantidade de indivíduos. Eles são, portanto, um dos animais mais numerosos do planeta.

Como os cupins conseguem comer a madeira?

Descupiniza��o

Man prying sheetrock and wood damaged by termite infestation in house.

Os cupins se alimentam de celulose, material encontrado na madeira e seus derivados. Portanto, quando uma mesa ou quadro de sua casa são destruídos pelos cupins, eles estão na realidade se alimentando.

oferecemos qualidade total na execução no serviço de Descupinização Mandaqui.

Mas os cupins por si sós não conseguem digerir a madeira e absorver a celulose. Para isso eles contam com a ajuda de protozoários, fungos e bactérias alojados em seu aparelho digestivo.

Devido a essa relação entre as duas espécies, chamada de simbiose, o cupim depende do protozoário para viver e conseguir alimento, assim como o protozoário depende do cupim para o mesmo.

Em alguns casos, os venenos usados para controlar as pragas de cupins não atingem o animal em si, mas sim os protozoários, bactérias e fungos que habitam no intestino dele. Dessa forma, impedindo que o cupim continue buscando madeira para se alimentar.

Espécies de cupins

Existem centenas de espécies de cupins, mas podemos classificá-los basicamente em dois grupos: os cupins de solo/subterrâneos e os cupins de madeira seca.

Cupins de solo/subterrâneos

Os cupins de solo podem formar uma grande praga e possuem forte potencial de destruição. Eles se alimentam de madeira ou qualquer material que contenha celulose e precisam da umidade para sobreviver.

Facilmente identificados por deixarem vestígios, como os túneis de areia, eles têm capacidade de destruir moveis, peças de madeira e até casas de alvenaria. Esses túneis criados por eles servem para se proteger da luz do ambiente.

Os cupins de solo ou subterrâneos são longos, creme e sem olhos. Todo o trabalho desses cupins é feito utilizando formas táteis e químicas de comunicação.

Extremamente organizados, alguns trabalhadores da colônia de cupins podem levar alimento para os que ainda estão imaturos ou em período de reprodução.

Uma pequena quantidade de cupins em qualquer lugar da sua casa ou imóvel já pode ser um sinal de que há uma colônia de cupins pelas proximidades e de que pode haver uma infestação. Em cada região esses cupins podem receber nomes diferentes como alados, siriris ou aleluia.

Cupins de madeira seca

Os cupins de madeira seca podem ser encontrados em móveis, portas, madeiras de telhados e utensílios de celulose. Apesar de suas colônias não serem tão grandes quanto às de outros tipos de cupins, eles causam sérios danos quando só são detectados em níveis evoluídos de destruição.

Diferentemente dos outros cupins, esses seres têm uma característica própria, que não os permite aumentar sua colônia para fora do objeto que está infestado.

Isso faz com que os cupins de madeira seca precisem se alimentar somente do ambiente onde estiverem, sejam rodapés de madeira ou quadros.

Se você já observou um tipo de madeira granulada saindo do seu móvel, trata-se das fezes dos cupins. A esse ponto, eles podem estar em uma quantidade ainda pequena ou já terem aumentado consideravelmente sua população.

Os cupins podem voar por até um quilômetro e sobreviver por até três anos em um local, sem serem notados por alguém. Mas, desde que sejam identificados, podem ser tratados com o veneno adequado e terem sua praga controlada.

Para lidar com as pragas é preciso analisar alguns fatores locais e avaliar a gravidade da infestação. A partir dessa análise, serão escolhidas algumas técnicas de descupinização para serem aplicadas.

Somente profissionais experientes e que conhecem as questões técnicas envolvidas podem avaliar de forma precisa as situações em que há presença dos cupins e aplicar formas efetivas de combate.

Empresa Certificada

Nossa empresa possui certificação do Centro de Vigilância Sanitária de SP para realizar atividades de descupinização. Isso demonstra o nosso compromisso em oferecer trabalhos com segurança e qualidade, sem causar problemas para o meio ambiente ou para as pessoas.

Atendimento

Somos uma empresa que busca entender as necessidades dos nossos clientes para proporcionar melhor qualidade de vida em ambientes livres de pragas.

Por meio de uma avaliação detalhada de técnicos, fazemos serviços de descupinização em residências e empresas, com orçamento grátis.

Você está com pragas de cupins em sua casa ou empresa e precisa resolver imediatamente? Entre agora em contato com a nossa central de atendimento para solicitar uma visita dos nossos profissionais.

 

WhatsApp Protec Pragas dedetizadora